quinta-feira, 22 de maio de 2008

Ofício diário

Cada sorriso vira um eco
dos versos dentro de mim
velha sina de escrever eterno
sem ponto, sem rima ou fim

Um comentário:

Matheus disse...

Uau!!! Cada dia que passa, minha mamãezinha fica mais poetica,ne? Continue assim. Te amo!!!!????