domingo, 16 de março de 2008

Escavação arqueológica das areias do tempo

Auto de fé

Andei remexendo em cadernos antigos,
pouca coisa se salvou do auto de fé.
Poucas letras saltaram a fogueira
e arderam de vida.
Ao todo, impublicável,
restou a frieza das cinzas.

Andreia Santana

2 comentários:

Matheus disse...

Adorei amei gostei desse tb!!!!!

Andreia Santana disse...

Acho que vc gosta de tudo, ou quase tudo, que eu escrevo.