domingo, 4 de maio de 2008

O mesmo sentir
em outra intensidade
o mesmo amor
em outra pessoa
o mesmo beijo
em outra boca...

"As coisas nunca são como deviam ser;"
"pior, nunca são como queremos que sejam"
se negam a nos atender
e eu me nego a acatar
que elas sejam diferentes
do meu querer.

Um comentário:

pequenasdigressoes disse...

O querer sinaliza a sobrevivência dos sonhos, dos planos. Querer é insistir, é não desistir. Talvez seja por isso que a gente queira tanta coisa... talvez seja por isso que queremos cada dia mais...